RELATIVIDADE OU PRECISÃO DO ALVO!

Série: Mensagens para hoje

 

Se você e eu sairmos de onde estamos quem chegará primeiro a Porto Alegre? Você poderá dizer: “Isso é relativo”. Claro, é preciso saber de qual cidade cada um de nós está partindo. Qual veículo cada um de nós está usando? Vou de carro e voce de avião. O tempo tem uma relação com o caminho, com o veículo e do local que cada um de nós está saindo.

Hoje é comum alguém encerrar uma discussão dizendo: “Ah, isso é relativo”. Nada é fixo. Com esta frase, quer eliminar a exata localização de seus valores, sejam eles morais, econômicos ou religiosos.

Quando o cientista alemão Einstein apresentou sua Teoria da Relatividade definiu condições técnicas para que os aparelhos de localização chamados GPS indicassem exatamente onde você está agora, apesar da terra estar em momento. O GPS, no seu celular, depende de 24 satélites ao redor da Terra para localizar você. Cada satélite move-se a 14 mil quilômetros por hora.

Hoje “relativo” significa que os valores e objetivos estão sujeitos a velocidade de quem mede e de quem é medido pelos fatos. Se o alvo for relativo, então não é mais um alvo. Se vou para Porto Alegre e você para Belo Horizonte não há como comparar o tempo, o caminho, pois o objetivo é diferente. O alvo da existência humana não é relativa. Tem um propósito único.

Na fé de Jesus não há relatividade, pois o alvo é crescer na graça e no conhecimento de Deus Pai Criador[1] . Alguns podem chegar mais rápido e outros mais devagar, mas o alvo é um[2]. Mas se o objetivo da fé de Jesus é a prosperidade, a felicidade aqui e agora, então sim, tudo se torna relativo ou sem um objetivo comum, porque são diferentes do alvo divino são diferentes.

Quando você ouvir alguém dizer que tudo é relativo, pergunte a respeito do alvo. Se o alvo é outro, então não é relativo, é diferente do que Jesus propõe!

  • Resposta à pergunta: Como responder a quem encerra qualquer discussões dizendo que “tudo é relativo?”
  • Tarefa para Hoje: Quando você percebe que estão falando de outro objetivo, então pare de discutir com quem segue em outra direção.

[1] Filipenses 3: 13 Irmãos, não penso que eu mesmo já o tenha alcançado, mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que ficaram para trás e avançando para as que estão adiante, 14 prossigo para o alvo, a fim de ganhar o prêmio do chamado celestial de Deus em Cristo Jesus”. Carta do apóstolo Paulo aos cristãos da cidade de Filipos  quando estava preso por volta de 62 d.C.  demonstra que há alegria e não orgulho na existência humana diante do que Cristo  na vida do crente.

[2] Romanos 12: 3 Por isso, pela graça que me foi dada digo a todos vocês: Ninguém tenha de si mesmo um conceito mais elevado do que deve ter; mas, ao contrário, tenha um conceito equilibrado, de acordo com a medida da fé que Deus lhe concedeu. Carta do apóstolo Paulo aos cristãos na cidade de Roma por volta de 58 d.C.. descreve a vida no Espírito, que é dada pela fé aos que crêem em Cristo.

About Author

Leave a Reply