“Que darei eu ao Senhor?” Salmo 116:12

IBBC – 2016 Ano da Dedicação

É muito comum as pessoas buscarem somente as mãos de Deus. O objetivo é sempre receber. Até as atitudes que deveriam fazer parte da vida natural de todo ser humano, como: culto ao único Deus, louvor, adoração, santificação, devolução do dízimo e etc. Além disso, os que se disponibilizam para realizarem tais ações têm muitas dificuldades.

O motivo maior para que isso não aconteça da melhor forma, é que o objetivo não começa de dentro para fora. Se não nascer do coração, ele não se concretiza (Jeremias 29:13; João 4:23,24). Outro motivo é a falta de reconhecimento que tudo é de Deus. Ele permite e distribui dons para que as pessoas usem, por isso, neste versículo 12, o salmista completa dizendo: “…por todos os benefícios que me tem feito”.

Neste ano, a IBBC quer mover o coração das pessoas para avaliarem que é muito bom ter saúde, bens materiais, família e etc., mas em contrapartida, mostrar que nada dessas coisas são eternas, que tudo passa. Por isso, o objetivo maior da nossa igreja é tornar claro, real e verdadeiro que as bênçãos espirituais permanecem para sempre: o milagre do perdão de pecados. Para obtê-lo, a própria pessoa precisa pedir, crer e assim retribuir a Deus os benefícios que só são adquiridos pelo sangue de Jesus, Único e Suficiente Salvador. Começar a viver uma vida dizendo não aos erros, e aí sim, ela poderá dizer: “Que darei eu ao Senhor”, principalmente pelos benefícios espirituais e a certeza de viver para sempre?

Nós, IBBC, e os que quiserem, se incluir neste propósito, poderão dizer para Deus durante o ano todo: “Senhor, Deus Eterno, eu ofereço a Ti a minha alma, espírito, corpo, culto e fé, para que o Senhor seja honrado, amado e glorificado por tão grande bênção em minha vida! Peço que o Senhor receba minha oferta pessoal e voluntária”.

Pastor Presidente Valter Köhler

 

 

About Author

Leave a Reply